Mídia

Distritão visa manter no poder o grupo que dá sustentação às políticas que retiram direitos”, afirma deputado Pepe

10 de Agosto de 2017

Para parlamentar, sistema aprovado na Comissão Especial na madrugada desta quinta-feira impedirá a renovação do Legislativo


Na manhã desta quinta-feira (10), o deputado Pepe Vargas (PT-RS) (PT-RS) afirmou na tribuna da Câmara que a intenção da base governista é aprovar o “distritão” para perpetuar a política instalada com apoio majoritário da Câmara. A proposta que institui o voto majoritário para deputados federais e estaduais e para vereadores nas eleições de 2018 e 2020 foi aprovado na madrugada desta quinta-feira pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analisa mudanças nas regras eleitorais (PEC 77/03) e deve ser votado no plenário já na próxima semana.

Para Pepe, esse sistema resultará na eleição de quem tem mais dinheiro e impedirá a renovação do Congresso Nacional. “Esse é o pior modelo que querem implementar com essa reforma política para manter uma maioria que está dando sustentação a um conjunto de políticas lesivas à população brasileira. Já aprovaram uma reforma trabalhista que fragiliza os trabalhadores em relação ao capital, que vai produzir arrocho salarial, precarização e agora querem aprovar uma reforma da Previdência que retira os direitos de aposentadoria de milhões de pessoas”. Pepe também conclamou a população brasileira a reagir e dizer “não a esse estado de coisas, a Temer e à sua base”.

Veja Também
Newsletter
Cadastre-se e receba as novidades sobre Pepe Vargas, por meio de nossa newsletter. É rápido, fácil e gratuito.
Facebook
Twitter
Pepe Vargas 2014. Todos os direitos reservados.