Com a pandemia o problema da regulação de leitos no RS só agravou, afirmou Pepe

A bancada do PT na Assembleia Legislativa votou favorável ao Requerimento de Comissão Especial 4/2022, de autoria da deputada Fran Somensi (Republicanos) e mais 36 parlamentares. A proposta foi aprovada por unanimidade na sessão plenária desta terça-feira (29) e irá tratar da regulação de leitos e dos serviços de saúde no Estado do Rio Grande do Sul.

“Essa iniciativa da deputada Fran é muito importante porque é um problema real, é uma demanda muito superior a capacidade instalada no RS e esse problema já existia antes da pandemia e com a pandemia ele se agravou. Houve um represamento de procedimentos eletivos tanto no sistema público de saúde quanto no sistema suplementar privado” afirmou o líder da bancada do PT no legislativo, deputado Pepe Vargas.

O objetivo da proposta é o de fazer um diagnóstico completo e detalhado sobre os serviços de saúde no Estado do RS. Pepe ressaltou em sua fala que dentre os vários problemas com a pauta, um é mais importante que é “essa situação da necessidade de mais recursos. Porque não está acontecendo? Primeiro porque há alguns anos atrás o Congresso Nacional votou o Teto de Gastos, o que limitou o aumentar de gastos e investimentos” lamentou.

O parlamentar ainda lembrou que “aqui no RS, em plena pandemia, em pleno processo de represamento de processo eletivos, o governo não aumentou os valores repassados, continuou investindo os 12%, mas com um agravante: aqui no RS o Estado computa nas despesas dos serviços de saúde as despesas que não são de ações e serviços públicos de saúde”.