Comissão e Secretaria de Saúde tratam do planejamento da vacinação no RS

Prazos, planejamento e o controle da vacinação no estado foi o foco da reunião entre a comissão externa de acompanhamento de vacinação da AL e a secretária de saúde do RS, Arita Bergmann. Na reunião desta quinta-feira (4), o coordenador da comissão, deputado Pepe Vargas ( PT ), solicitou a secretaria um detalhamento do plano de vacinação estabelecido pelo governo do estado.

Arita Bergman afirmou que o processo de planejamento e execução está sendo seguido de acordo com as entregas feitas pelo Ministério da Saúde. Ela frisou, que espera que o MS deslanche nas compras, “ estamos em contato com as empresas Pfizer, Janssen e União Química (Sputinik), que nos afirmaram estarem negociando com o Ministério, esperamos que aconteça, mas caso isso não se concretize, de alguma forma iniciaremos o processo de aquisição das vacinas para os gaúchos. ”

A partir dos contratos que o MS tem com o Instituto Butantã e Fio Cruz, o cronograma é de entregar em março 39 milhões de doses para todo o País e abril 53 milhões de doses, caso o mesmo quantitativo seja destinado ao estado, o RS receberá 6% deste total.

O coordenador da comissão externa, dep. Pepe Vargas (PT) disse que é necessária agilidade do Ministério da Saúde “ precisamos do cumprimento do cronograma de entrega do Ministério para que até o fim de maio, um número maior de gaúchos receba a vacina. Além disso, os estados precisam ter a possibilidade de comprar as vacinas, caso o governo federal, descumpra os prazos”.

Também participaram da reunião a deputada Patrícia Alba (MDB), e os deputados Aloísio Classmann (PTB), Vilmar Lourenço (PSL) e Frederico Antunes (PP) e a presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, Zilá Breitenbach (PSDB).

A formação da Comissão Externa foi proposta pela bancada do PT em janeiro, em requerimento à Mesa Diretora.