DEPUTADO PEDE REAJUSTE PARA O VALE REFEIÇÃO DE SERVIDORES

Durante o debate do projeto de lei 212/2021, na sessão plenária desta terça, 14, a Bancada do PT defendeu o reajuste do vale-refeição dos servidores do Executivo pela inflação acumulada do período. O projeto, de autoria do Executivo, trouxe uma recomposição de apenas 8,2%, quando só a cesta básica teve um aumento em 28%. A bancada petista chegou a apresentar uma emenda, com a recomposição da inflação pelo INPC, do período de 2019 a 2021, mas a base governista não permitiu que sequer fosse votada. Pela emenda, o reajuste ficaria em 14,74%. Para um servidor que ganha até R$ 1.998,27, na proposta do Governo representa R$ 509,00 de 04/2019 a 12/2022. Na emenda da Bancada ficaria em R$ 1.086,00. O projeto foi aprovado por 47X2 votos.

O deputado Pepe Vargas salientou que desde 2018 o vale-refeição não é ajustado. “Vejam que nós estamos falando de um vale refeição para servidores que desde 2014 na sua ampla maioria não tem um centavo de reajuste nos seus salários. Não estamos falando de ganho real, estamos falando nem a inflação. 45% de perdas salariais, é disso que estamos falando, desde 2018 e agora mandam um projeto de 1% de 2019 e mais 1% de 2020. Apresentamos uma emenda para que ao menos se mantenha a inflação desse período para que ela seja recomposta no valor do vale alimentação”, defendeu.