Deputado sugere fazer diagnóstico sobre situação de filas na saúde

O deputado estadual Pepe Vargas (PT) apontou, durante a reunião da Comissão de Saúde e Meio Ambiente (CSM), nesta quarta-feira, 04 de agosto, a necessidade de um diagnóstico sobre a situação das filas de espera na saúde para cirurgias, atendimentos e procedimentos eletivos. O parlamentar sugeriu um debate com a Secretaria Estadual da Saúde para entender a estratégia do Estado para reforçar o orçamento da Saúde e, deste modo, diminuir a demanda. “Um aporte de recursos nos orçamentos já deveria ser previsto agora, já que anunciaram um superávit”, disse o parlamentar.

Segundo o deputado é necessário ouvir os Conselhos Estaduais da Saúde e a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). “Com certeza os nossos gestores municipais junto com o gestor Estadual tem condições de dimensionar a situação”, ressaltou.

Pepe se manifestou contrário à venda de patrimônio público para financiar demandas reprimidas na saúde. Ele afirmou ainda que é necessário um movimento nacional de pressão ao Ministério da Saúde para investimentos e suplementação de recursos para demandas reprimidas advindas da pandemia. “Precisamos de um estratégia de enfrentamento desse assunto que é gravíssimo e não vejo como ser resolvido apenas no Estado”.